belmira

belmira

95 anos

“Éramos muito pobres mas eu semeava os tremoços, cozia-os, punha-os no poço a adoçar e quando estavam bons ía à Vila ao Domingo e vendia-os à porta da Missa. Com o dinheiro de os vender ía comprar umas mercearias mas quando chegava a casa não se comia o açucar. O açucar vendia-o às vizinhas, mais caro do que o que tinha custado, rendia. Para adoçar o café do desajum(1) a minha mãe cozia as passas dos figos. Com essa água, que ficava doce, fazia-se o café. Era o mesmo para fazer a mexuda(2)“.

Nesta única frase, das mais duras, verdadeiras e espertas que já ouvi, percebe-se a rudeza de uma vida que se foi fazendo a pulso. Conseguiu, com o trabalho do campo, criar a casa onde ainda mora e onde guarda todas as suas memórias. Uma delícia de se ouvir, Belmira também gosta de dizer das suas coisas. Praticamente cega custa-lhe particularmente a viuvez. Estar sozinha é que lhe custa, a esta mestre em economia doméstica. Belmira, a Doce, muito mais do que o açucar que mal provou.
É por causa de pessoas como Belmira, a Doce, que eu gosto de viver aqui, pelo privilégio de as poder conhecer.

(1) pequeno-almoço

(2) doce muito tradicional feito com abóbora

Advertisements

1 thought on “belmira”

  1. Gosto muito……. Que mais dizer de alguém que se descobre a cada dia que passa. Que no seu íntimo tem verdade, que no seu olhar tem sinceridade e humildade. Que nas frases mais simples nos faz arrepiar os pelos dos braços e entrar em cada uma destas vidas, de histórias fantásticas. Podia dizer-te tanta coisa… quem sabe, um dia, escrevo sobre ti! 🙂
    Vera, parabéns!

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s